Colors: Blue Color

Do Invertebrado - Na manhã do dia, 13/08, aconteceu a Paralisação Nacional que envolveu todo o país. O município de Iguatu localizado na região centro-sul do Ceará fez a convocação via Sociedade Civil Organizada e conseguiu mobilizar mais de 1.500 pessoas, entre eles estudantes, professores, trabalhadores de vários outros setores da sociedade, partidos, sindicatos e populares, para se manifestar contra os cortes financeiros, sucateamento e fim da Educação Pública do Brasil e também contra a Reforma da Previdência que acaba com a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros.

A concentração aconteceu na praça Eleazar de Carvalho (praça da Caixa) no centro de Iguatu, o comboio de pessoas com faixa, cartazes e gritos de ordem, seguiram pelas ruas Floriano Peixoto, Eduardo Lavor, Avenida Agenor Araújo, até chegar a sede do INSS que fica na rua engenheiro Wilton Correia Lima no Prado.

A mobilização que seguiu o centro comercial recebia apoio dos diversos populares do comércio. “É um absurdo a forma como está sendo tratada a velhice do brasileiro por esse Bolsonaro, estou aqui na porta do meu comercio apoiando vocês”, disse a comerciaria, Carmezinda Alves.

O ato encerrou com falas e convites para o evento cultural que estava agendado para às 18h na praça da Matriz e contou com a participação de jovens que debateram a conjuntura nacional e a pouca falta de perspectiva de oportunidades no futuro com a remoção de direitos que ocorre hoje a república.

 

Mais de mil pessoas ocuparam as ruas de Iguatu na Paralisação do dia 13 de Agosto
O comboio de manifestantes seguia pelas ruas do centro recebendo apoio de populares e de comerciantes locais [FOTO: Rikáryo Mourão]

 

“Caso o governo continue não pensando no povo brasileiro como um todo, a juventude vai continuar na rua gritando pelos seus direitos, se não adiantar a massa popular ferida vai parar o país, digo isso baseado na história do próprio Brasil que se levanta contra tiranos sempre no último suspiro”, disse o estudante de pedagogia, Caio Souza.

>> VEJA AQUI GALERIA DE FOTOS! <<

 

 

Do Invertebrado - Diante de uma série de ataques da política conservadora contra os direitos básicos do povo brasileiro, movimentos sociais, sindicais, partidos de esquerda e de centro, estudantes e cidadãos de todas as idades, estão indo às ruas de todo o país no próximo dia 13 de agosto.

Para termos ideia da necessidade do envolvimento de todos e todas, atualmente os cortes do governo federal no orçamento da educação chegam a R$ 6,1 bilhões até agosto de 2019 e ameaçam diretamente a qualidade da educação básica com o fim da estabilidade do Fundeb e provocam o sucateamento da universidade pública e a sua privatização com o Programa Future-se; a censura e os ataques à democracia e Constituição Federal já são uma realidade cotidiana com a possibilidade da Lei da Mordaça, perseguição aos servidores públicos, redução de salários dos professores, fim da aposentadoria por meio da Reforma da Previdência e as privatizações sem transparência de dados das empresas estatais brasileiras. Todos esses fatos são motivos para todas as pessoas pararem suas atividades por um dia e conclamar toda a população para somar forças em defesa do Brasil.

Participe do #13AGO #13AGOIguatu

No município de Iguatu-CE não será diferente, várias forças pensantes e populares se reuniram para mobilizar a população a se manifestar democraticamente no ato público que irá acontecer no próximo dia 13 de agosto, às 7h30 da manhã, com concentração na Praça Gonçalves de Carvalho (Praça da Caixa Econômica) localizada no centro comercial da cidade.

No período da noite a concentração acontece a partir das 18h na Praça da Matriz, com um ato político e cultural com manifestações culturais realizadas pelos artistas da nossa cidade.

O momento é pacifico e busca dialogar com a população sobre o conhecimento dos seus direitos que tem sido atacados nos últimos dois anos e mais fortemente nesse primeiro período de 2019, pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

#13AGO #13AGOIguatu

Compartilhe a imagem acima nas suas redes Sociais...

Mobilização:

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica de Iguatu (Sinasefe), Sindicato dos Guardas Civis Municipais de Iguatu (Sindiguarda), Centro Acadêmico de Pedagogia da FECLI, Mídia Livre Ceará, Centro Acadêmico de Serviço Social do IFCE, Consulta Popular, Levante Popular da Juventude, RUA Juventude Anticapitalista, Sindicato dos Servidores Públicos e Municipais de Iguatu (Spumi), Campo Democrático, Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU).

 

Boletim Eletrônico

Receba nossas notícias em seu e-mail:


Somos FeedBurner e contra SPAM