0
0
0
s2smodern
Anúncie no #CabeçaLivre - Fale Conosco

O “Diário Oficial Minas Gerais” publicou no final de janeiro a exoneração de 86 dos 116 funcionários que trabalham no Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo. O escritório, que tem status de secretaria, deve perder espaço e ser alocado sob o controle da Secretaria de Governo, comandada por Odair Cunha (PT).

Na edição do dia 24/01, do “Minas Gerais”, constavam os nomes de 38 comissionados que foram exonerados da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) que tinham se quer comparecido ao emprego durante os últimos 3 anos que deixou um clima carregado na pasta.

Auditoria do governo de Minas aponta corrupção e tucanos ficam preocupados

O deputado líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas, Durval Ângelo (PT), afinou que a auditoria que esta sendo realizada pelo Executivo já mostrou que houve "total" e "absoluta" corrupção nas gestões anteriores envolvendo "as mesmas empreiteiras da Operação Lava Jato". Desde 2003 quando o atual senador Aécio Neves (PSDB-MG) era governador, passando por Antônio Anastásia (PSDB-MG) e saindo com a vitoria em primeiro turno do petista Pimentel que anunciou a auditoria na primeira entrevista que deu já como governador. "As suspeitas é que quase 75% dos recursos destinados a infraestrutura foram envolvidos em algum tipo de corrupção, pelo menos é o que aponta o inicio das atividades, ressaltou Durval.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Boletim Eletrônico

Receba nossas notícias em seu e-mail:


Somos FeedBurner e contra SPAM