0
0
0
s2smodern
Anúncie no #CabeçaLivre - Fale Conosco

A justiça brasileira não consegue mais esconder do mundo o golpe que eles estão promovendo no país dos bananas. Hoje, 19/04, o teólogo e pensador, Leonardo Boff, foi até a superintendência da Polícia Federal em Curitiba para visitar o ex-presidente Lula.

Como não era de se estranhar a visita do Boff a Lula foi negada e tal atitude da justiça só confirma para o mundo que o Brasil vive uma ditadura depois do golpe parlamentar contra a presidenta Dilma Rousseff, que fez dois anos ontem, 18.

Leonardo Boff estava acompanhado do argentino e Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, após saber que não foi permitido visitar Lula encaminhou livros com dedicatoria e mandou um recado para o ex-presidente e espera pelo menos que a PF tenha essa decência de repassar. "Vim com o xale vermelho que o Lula me pediu que representa luta e resistência, espero ver logo o amigo de mais de 30 anos livre mudando para melhor a vida das pessoas como sempre fez. A liberdade começa na mente", disse Boff.

Para o Nobel da Paz, conhecido por lutar pelos Direitos Humanos no mundo inteiro, rechaçou a atitude da justiça brasileira que atua seletista e manipulada pela classe rica que é minoria e quer decidir sozinha o presidente do Brasil sem respeitar o minimo de democracia e direitos. "O mundo está chocado ao ver tudo que acontece com o Brasil", lamentou Esquivel.

 

 


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Boletim Eletrônico

Receba nossas notícias em seu e-mail:


Somos FeedBurner e contra SPAM