0
0
0
s2smodern
Anúncie no #CabeçaLivre - Fale Conosco

Uma amiga fotógrafa já havia me alertado - ”as mulheres topam tirar fotos sensuais, desde que não tenham que mostrar o mamilo. Pode mostrar a bunda, o decotão, mas as aréolas sempre são tabu”.

Até então não havia atentado a esse fato, mas é a mais pura verdade. Até mesmo o Instagram, rede social ~moderninha~, não permite que usuários postem fotos de mamilos. Grace Coddington, a editora criativa da Vogue US, de 73 anos, estreou seu perfil na rede com uma ilustração sua toda nua em uma cadeira de praia. Zero semelhança com a realidade, mas a foto foi removida pelo Mestre Instagram, devido seu conteúdo impróprio.

Já a desinibida Rihanna postou sua foto de capa da revista LUI mostrando os peitões na íntegra e também foi vetada.

Tabu: Mulheres liberem os peitos

Em protesto a esse e outras injustiças feitas com os bicos de nossos peitos - afinal, diariamente somos expostas à visão de mamilos masculinos por aí e ninguém nunca morreu ou foi preso por isso – foi lançado na internet o projeto ”FREE THE NIPPLE”.

Apesar de existir há alguns anos, a popularidade do FTN veio depois de Scout Willis, filha de Bruce, perceber que existem coisas permitidas em NYC e proibidas em redes sociais: mamilos.

Tabu: Mulheres liberem os peitos

Em seguida vieram as celebridades de primeira linha. Cara Delevingne garantiu conteúdo pras redes sociais do FTN com post em seu Instagram. Lady Gaga também.

Tabu: Mulheres liberem os peitos

O motivo geral da indignação é – por que mamilos masculinos são permitidos e os femininos não?

Em 1930 quatros homens foram presos em Coney Island por estarem com seus bicos de fora. Mas não demorou muito: em 1936, a prática de homens saírem sem camisa passou a ser bem aceita. Talvez seja questão de tempo, e de persistência feminina, para que esse tabu seja quebrado, mas parece que estamos chegando lá.

A artista plástica e feminista Eleanor Haswell transformou seu projeto de faculdade no livro “Why Are You So Afraid Of Your Own Anatomy?”, em que mostra as partes femininas sem nenhuma conotação sexual, apenas pelo aspecto anatômico.

Enquanto isso, movimentos como o Free The Nipples e Got Topless instigam mulheres a confrontar as ”etiquetas da sociedade” e colocar seus peitos pra fora. Se você ainda não tem coragem de sair balançando tudo, pode seguir o FTN no Instagram e apoiar de maneira mais discreta.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Boletim Eletrônico

Receba nossas notícias em seu e-mail:


Somos FeedBurner e contra SPAM