No Iguatu a inflação dispara entre os mais pobres e cesta básica fica mais cara

No Iguatu a inflação dispara entre os mais pobres e cesta básica fica mais cara

Na cidade de Iguatu/CE, a cesta básica fechou o mês de novembro em alta. No ano passado o custo por família custava R$ 664,96 contra os R$ 799,03 desse ano, um aumento de R$ 134,07 ou seja 20,16% a mais.

Um dos itens que empurrou a alta foi a carne, que ficou 65% mais cara e passou de R$ 21 para R$ 44,00 reais a média do quilo.

Outros produtos como óleo de cozinha que passou de R$ 4,90 para R$ 10,20 e o arroz que passou de R$ 13,80 para R$ 22 reais, foram alguns dos fatores que contribuíram para a elevação dos preços. 

Para o estudante de economia, Jacobe Sales, que tem feito comparativos de preços, a alta se dá por alguns fatores, como pela falta de uma politica econômica que gere impacto no produtor, pela produção que foi vendida para fora do Brasil sem controle e pela baixa produção desse período. “Esta difícil para o pobre sobreviver com os preços aumentando e a receita da maioria da população estagnada em até um salario mínimo, acredito que esse natal a fome será o maior vilão das famílias", disse.

O jovem economista afirmou ainda que uma saída para quem tem dinheiro nesse inicio de dezembro é diminuir o consumo de carnes vermelhas e comprar frango e congelar para garantir a ceia de natal e ano novo, os preços mais em conta de produtos básicos como arroz, feijão, açúcar e molho de tomate ainda estão no médios supermercados locais, nas grandes franquias guloseimas mais requintadas como bife e peru devem ser atrativos por promoções entre os dias 15 e 22 de dezembro, destacou Sales.

 


1000 Characters left