O que esperar da nova EA Codemasters no jogo Fórmula 1 2021

O que esperar da nova EA Codemasters no jogo Fórmula 1 2021

O jogo de F1 2020 para as plataformas PS4, Xbox e PC, ficou entre os títulos de esporte mais vendidos do ano, custando em média R$250,00 à R$350,00 reais. Qual foi o sucesso da versão desse jogo diferente das anteriores? A própria Codmasters que desenvolve o jogo tem destacado que o acerto no novo modo carreira que trouxe um manuseio aprimorado de carros, pilotos, novas ligas como a de F2 e as melhorias em si nas pistas, inclusive ponto que foi exaltado por pilotos que criticaram a versão 2019 e deram um feedback para a versão 2020, como Pierre Gasly na época, Redbull Racing e George Russell, Willians.

Com a chegada da temporada 2021 da F1, as notícias dos carros e circuitos novos, além de todos os bastidores envolvendo os pilotos e em meio a tudo isso, surge o que a nova EA Codemasters vai fazer para continuar impressionando, inclusive nesse momento que a empresa passou a pertencer a EA Games.

Apesar de todo o suspense do que vem por aí, os fãs do jogo estão apreencivos com a EA no comando, porque a critica geral sobre as microtranzações que a empresa sempre faz em seus jogos, podem chegar ao F1, imagina para você correr com uma Ferrari precisa comprar o carro antes ou quer mudar a cor do seu carro personalizado e aquela cor especifica você precisa comprar? Hoje o game já tem algo semelhante, os bitcoins que podem ser comprados na própria plataforma do jogo para você acelerar o desenvolvimento do seu carro.

A fama da EA com as microtranzações bastante agressivas não é a toa, a qualidade dos jogos como o do FIFA e Star Wars que possuem microtransações, deixaram os jogos bastante limitados e tem perdido adeptos por todo o globo.

O último lançamento do jogo F1 foi em julho de 2020 e os jogadores esperam que a Codemasters siga o mesmo calendário, as novas pistas na temporada como Ímola (Ítalia), Portimão (Portugal) e Jeddah (arabia Saldita) devem ser as novidades, como Vietnã (hoje fora do calendário) e Holanda foram em 2020. Espera-se que o mercado de pilotos na nova versão do jogo disparem com a agregação de novos nomes como o de Nico Hulkenberg, Alex Albon (pilotos reservas que lutam por um espaço no grid), Nyck de Vries, Callum Ilott e Pietro Fittipaldi da F2.

A F2 que chegou no jogo de forma tímida deve ganhar mais espaço e suas corridas e campeonatos online, que já são uma realidade e sucessos nas novidades da franquia.

As perguntas ainda sem resposta que muitos estão se fazendo é sobre as versões "curtas" da Grã-Bretanha, Bahrein, EUA e Japão, pistas como Mugello (Itália) serão adicionadas ao jogo ou somente na versão "Ultimate Edition" ou um DLC extra (Downloadable Content - Conteúdo para Download).

Uma certeza que os fãs da franquia tem é que o jogo F1 2021 pode ser a última versão mais acessível, já que a EA chegou agora e pode não influenciar muito.


1000 Characters left