0
0
0
s2smodern
Anúncie no #CabeçaLivre - Fale Conosco

Diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) aos 21, Stephen Hawking não se abateu quando médicos estimaram que ele teria pouco tempo de vida. Viveu até os 76 e morreu hoje dia 14/03.

Mesmo limitado Hawking teve uma carreira prolífica, com descobertas que geraram imensos debates na física teórica e na astronomia -- ao lado de muita exposição na mídia e grande contribuição para a divulgação científica, o que também gerou alguns desafetos.

Suas teorias, como a de muitos físicos, desafiam a noção de espaço-tempo e levam a mente a uma outra dimensão: não dá para começar a compreendê-las sem abandonar as concepções mais fundamentais sobre a realidade que conhecemos. Por exemplo, deve-se partir da premissa de que existem lugares no universo, os buracos negros, em que a gravidade é tão imensa que nada consegue sair de lá -- nem mesmo a luz.

Aliás, foi em seus estudos sobre os buracos negros que Stephen Hawking fez uma das suas principais contribuições. Ele descreveu que essas estruturas emitem uma radiação, que ficou conhecida como Radiação de Hawking. A teoria de Hawking, de certa forma até negou a característica de "negro" atribuída aos buracos: a luz emitida por essa radiação demonstrava que eles não seriam tão escuros quanto se imaginava.

Essa teoria da radiação também mostrou que os buracos negros não eram imortais; em milhões de anos, eles poderiam desaparecer paulatinamente por processos que antecedem a emissão dessa radiação.

Hawking também teorizou sobre o Big Bang, sobre a formação do universo e emitiu opiniões das mais diversas sobre o futuro da humanidade e a vida em outros planetas.

Livros em Português

Os 17 livros de Stephen Hawking que pode ler em português;

Veja o trailer do filme A teoria de tudo, baseado na vida de Hawking

 

Texto e fotos das agencias e arquivo virtual da familia Hawking


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS