Ferrari e Leclerc vencem no GP do Bahrein e RBR vive duplo desastre
Ferrari e Leclerc vencem no GP do Bahrein e RBR vive duplo desastre

Ferrari e Leclerc vencem no GP do Bahrein e RBR vive duplo desastre

A equipe Ferrari volta a brilhar num grande prêmio (GP) com a vitória espetacular do monegasco Charles Leclerc, que garantiu o ponto mais alto do podium no Bahrein nesse domingo, 20/03, após um jejum de 46 corridas, sendo a última vitória e dobradinha no GP de Cingapura em 2019. A equipe italiana não parou por aí, após o desastre com os dois carros da Red Bull Racing (RBR), Carlos Sainz subiu para a segunda posição e garantiu a festa para a equipe e fãs da Ferrari.

A próxima corrida será o GP da Arábia Saudita de 25 à 27/03.

A nova Fórmula 1 chegou em 2022 e quem trabalhou duro obteve bons resultados

A nova era da aerodinâmica da Fórmula 1 realmente mexeu com as equipes e os novos carros garantiram um verdadeiro espetáculo num final de semana emocionante do início ao fim.

A primeira corrida do ano no GP do Bahrein rendeu uma estratégia de três paradas, um incêndio no motor Honda da AlphaTauri do Pierre Gasly e o fracasso dos dois carros da RBR, Max Verstappen que abandonou a prova faltando 3 voltas para o final por conta de um problema hidráulico e falhas no motor Honda, problemas que também foram os do carro do Sérgio Perez, que rendeu um travamento do motor o fez com que ele rodasse na curva um durante disputa com Lewis Hamilton.

Leclerc não só dominou a corrida, mas emplacou uma vantagem de cinco segundos e meio em Verstappen e no seu companheiro de equipe Carlos Sainz.

As Mercedes de Lewis Hamilton e George Russell sofreram bastante com a evolução do carro, mas aproveitaram o máximo da corrida e com os problemas na RBR eles conquistaram o terceiro e quarto lugar.

“Confesso que esperava terminar a corrida em uma posição mais distante do podium, se quer passava pela minha cabeça, mas vamos continuar desenvolvendo nosso carro e chegar bem mais competitivos nas próximas corridas”, disse Hamilton.

Haas enfim chegou!

A equipe americana Haas equipada com motor Ferrari chegou em quinto com Kevin Magnussen, e surpreendeu todo o paddock com o seu ritmo de corrida e classificação. Valtteri Bottas com sua Alfa Romeo que se classificou muito bem, largou mal e foi conquistando ultrapassagens para chegar em sexto, e seu companheiro de equipe, o chinês, Guanyu Zhou conquistou um ponto em sua estreia com a 10º colocação.

Leclerc e Ferrari implacáveis

Leclerc usou bem a força da sua Ferrari e não deu a Verstappen nenhuma oportunidade durante toda a corrida, após a primeira curva nos primeiros momentos da largada o ferrarista já estava a frente com 3 segundo de vantagem, no primeiro pit stop Verstappen tentou três ultrapassagens, sem sucesso, levou um contra golpe do Charles que rendeu uma linda ultrapassagem por fora na curva quatro, na sua última tentativa Max fez a curva um de forma suja e fritou seus pneus e ficou ainda mais para trás, nesse momento o piloto da Ferrari previu a manobra antiesportiva e abrir para não bater.

Ferrari e Leclerc vencem no GP do Bahrein e RBR vive duplo desastre
A Ferrai no GP do Bahrein mostrou força, consistência e Charles Leclerc não aliviou em momento algum nas disputas

 

Sem o controle da corrida Max falou um palavão com o carro e disse que não pegaria leve.

“Ok, são duas paradas, peguei leve na volta e poderia facilmente estar na frente. Não vou fazer essa po##a de novo”.

Poucas voltas após esse episódio Verstappen volta a ficar irritado no rádio, reclamando da direção pesada que de início foi informado que seria um problema simples e daria para chegar até o fim da corrida, após perder a posição para o Sainz e sua Ferrari, abandonou a corrida faltando faltando 3 voltas para o final.

A dupla alpina Esteban Ocon e Alonso terminaram em sétimo e nono, ensanduichando o segundo AlphaTauri de Yuki Tsunoda.

Veja o resultado final aqui!